APRS Inclusiva

Data: 22/08/2019

17:00 – 18:00

“A Cultura Afrobrasileira:  O que você tem a ver com isso?” 
A mesa tem como proposta apresentar uma discussão clara e profunda sobre a identidade cultural de matriz africana, parte fundamental da identidade de toda população do Brasil. A construção social brasileira histórica promoveu um apagamento parcial da cultura de matriz africana e também indígena. Para que isso fosse possível foi necessário desvincular a origem de matriz africana das manifestações culturais mais comuns e atribuir valor negativo as manifestações identitárias mais explícitas e tradicionais de matriz africana. Deste processo de agregação de valor negativo no inconsciente coletivo ou no que se pode chamar de “objeto social afrobrasileiro” decorrem consequências na formação da identidade do indivíduo negro ou negra e também não negro(a) que repercutem nas relações psicossociais

• A mulher negra – Psicóloga negra (UFRGS) com ênfase no estudo da identidade negra feminina.
• O homem negro –  Psicólogo negro (UFRGS) 
• A cultura de matriz afrobudígena na vivência da comunidade Kilombola 

Debatedor: Cainã Nascimento 
Debatedoras: Guardiãs da Comunidade Kilombola Morada da Paz 
Debatedora: Júlia Dutra de Carvalho  
Coordenador: Lucas Mendes de Oliveira

 
Comunidade Kilombola Morada da Paz- CoMPaz
Território de Mãe Preta

Data: 23/08/2019

17:00 – 18:00

“Olho e sou visto, logo Existo! – Olhares e reflexões sobre a população em situação de rua”
“Exposição da “Identificação e do mundo da população de rua de Porto Alegre” – 
Ivaldo Gehlen (Doutor em Sociologia pela Universidade de Paris X)

2. Apresentação Vídeo
3. A organização política dos moradores de rua: Movimento Nacional da População de Rua (MNPR)
4. Apresentação musical ou vídeo
*Amada Massa” – ONG de iniciativa de reparação social.

 

Data: 24/08/2019

15:00 – 16:30

Epistemiologias da existência trans”
Atena Beauvoir Roveda
Mediação: Gabriel Furian e Leonardo Rubin